quinta-feira, 27 de julho de 2023

Em entrevista a Piunti, Celina fala sobre a separação de João Mineiro e Marciano

Em entrevista a Piunti, Celina fala sobre a separação de João Mineiro e Marciano
Segunda voz das Marcianas revela detalhes sobre a briga do pai com o parceiro Marciano

Celina Sant’Angelo é a segunda voz da dupla As Marcianas, criada por ela no início dos anos 1980. Filha de João Mineiro, da dupla João Mineiro e Marciano, Celina e sua irmã Ivone não tiveram o apoio do pai para entrar na carreira artística. Segundo a cantora, ele era muito ciumento e não achava que música fosse um bom caminho para as filhas. As Marcianas foram um dos principais nomes dos anos 1980, impulsionadas pelo sucesso de “Nossa Melodia Preferida”. Nos anos 1990, o sucesso prosseguiu com “Por que Brigamos” e o mega hit “Vou te amarrar na minha cama”. Em entrevista ao jornalista André Piunti, dono do principal canal de música sertaneja do Youtube, Celina revelou detalhes sobre a briga do pai com o parceiro Marciano.

Em uma conversa honesta, Celina trouxe os detalhes sobre a separação da dupla João Mineiro e Marciano em 1993. “ O que aconteceu com a dupla foi que o meu pai era muito ciumento, não só com nós filhas. E as pessoas do meio vinham e colocavam o meu pai contra o Marciano. Meu pai era muito estourado e acabava descontando no parceiro. Deixou muitas mágoa entre os dois, o meu pai se arrependeu, mas se eu fosse o Marciano eu também não voltaria. Ele sofreu muito ”, conta Celina.

Essas e outras histórias estão disponíveis no vídeo no canal. Descontração e conforto são característicos de suas entrevistas, e assim Piunti recebe grandes nomes para contar episódios importantes, e até mesmo engraçados da carreira. A entrevista na íntegra é divulgada aos domingos, com um convidado novo a cada episódio, com a divulgação de trechos em “vídeos de corte” nos dias seguintes.

Sobre André Piunti

André Piunti, 37 anos, é formado em jornalismo pela Facamp. Criou, em 2007, o blog Universo Sertanejo. De 2009 a 2014, manteve o blog no portal UOL.

Estreou na Nativa FM em 2010, e na Paranaíba FM em 2018, onde segue até hoje dando notícias sobre o mercado da música sertaneja.

Assinou o roteiro e foi responsável pelo conteúdo histórico do “Bem Sertanejo”, projeto apresentado por Michel Teló no Fantástico em 2014, 2017 e 2019. Em 2015, ao lado de Teló, lançou o livro “Bem Sertanejo”, com histórias registradas durante as gravações da primeira temporada da série.

A partir de 2015, passou a fazer participações no programa “Encontro”, de Fátima Bernardes, para falar sobre música sertaneja. No início de 2020, apresentou a série “Fábrica de Talentos” no programa.

Em 2016, 2017 e 2018 fez parte da equipe do “Festeja Brasil”, especial sertanejo de fim de ano da Globo.

Criou, em março de 2021, um canal no YouTube de entrevistas com grandes nomes da música sertaneja, realizando 60 entrevistas no primeiro ano do projeto. Atualmente o jornalista soma mais de 116 entrevistas e mais de 100 milhões de visualizações.

Assista a entrevista completa:


Fonte: Vicklin Moraes/comuniquese - Foto: divulgação