terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

DE VOLTA PARA OS BONS TEMPOS: Bud Spencer e Terence Hill - Biografia, filmografia, curiosidades, fotos, vídeos e músicas

Bud Spencer e Terence Hill - Uma das duplas de maior sucesso da história do cinema
Terence Hill e Bud Spencer

Quem viveu nas décadas de 70, 80 e 90 com certeza já deu muitas risadas com os filmes da inesquecível dupla de comediantes Bud Spencer e Terence Hill, que fizeram grande sucesso em todos o mundo com gênero "faroeste-espaguete", do cinema italiano. Entraram para a história do cinema pelas pancadarias que protagonizavam e que encantavam toda a família, principalmente as crianças. A dupla estava sempre presente na "Sessão da Tarde" e em suas aventuras nunca faltavam as famosas pancadarias em que Bud e Terence sozinhos batiam em dezenas de adversários. 

O napolitano Carlo Pedersoli personificava o "Bud" e o veneziano Mário Girotti, o "Terence" sempre representavam uma parceria que se completava pela diferença de personalidade entre ambos. Enquanto Bud era um forte barbudo, mal humorado e com cara de poucos amigos, Terence sempre era o bonitão, despojado e com a língua tão ligeira quanto às mãos. Uma química que funcionava brilhantemente nas telas e que com certeza deu base para muitas produções de estilo similar que vieram posteriormente. 

Tinham um jeito particular de brigar: Terence Hill fazia malabarismos que distraíam seus oponentes, o que lhe dava a oportunidade de "embolachar" a bandidagem enquanto ela tentava entender o que estava acontecendo. Já o brutamontes Bud Spencer dava sopapos na cabeça dos vilões, que os faziam rodopiar no ar. E o mais engraçado é que os dois faziam isso na maior tranqüilidade, mesmo combatendo uma gangue inteira. 

O primeiro filme juntos foi I Quattro Dell´Ave Maria (1968) e a consagração da dupla se deu em Meu Nome é Trinity (They Call Me Trinity). Foram ao todo 19 filmes ao lado de Terence Hill. Em 1994, seus filhos lhes convenceram a rodar um último filme juntos, uma espécie de despedida. Assim, seus milhares de fãs voltaram entusiasmados às salas de cinema para acompanhar a estréia de A Volta de Trinity (Troublemakers). Ficaram mais conhecidos depois pela alcunha de "a dupla explosiva" devido ao filme homônimo lançado em 1974 e que foi um dos maiores sucessos dos dois. A dupla fez tanto sucesso que protagonizaram 17 filmes juntos, inclusive um no Brasil, o “Eu, Você, Ele e os Outros” de 1984, co-produzido pela Renato Aragão Produções e que foi filmado no Rio de Janeiro, e que rendeu uma participação deles no programa “Os Trapalhões”.

  • Filmografia de Bud Spencer e Terence Hill juntos:
  • Deus Perdoa Eu Não! (1967)
  • Assim Começou Trinity - Os Quatro da Ave Maria (1968)
  • A Colina dos Homens Maus (1969)
  • Chamam-me Trinity (1970)
  • Trinity Ainda é Meu Nome (1971)
  • Dá-lhe Duro, Trinity (1972)
  • A Dupla Explosiva (1974)
  • Dois Missionários do Barulho (1974)
  • Dois Tiras Fora de Ordem (1977)
  • Par ou Ímpar (1978)
  • Nós Jogamos com os Hipopótamos (1979)
  • Quem Encontra um Amigo, Encontra um Tesouro (1981)
  • Dois Loucos com Sorte (1983)
  • Eu, Você, Ele e os Outros (1984)
  • Os Dois Super Tiras em Miami (1985)
  • A Volta de Trinity (1994) - sendo que este foi o último filme da dupla Bud Spencer e Terence Hill.


  • Bud Spencer:

Nome artístico de Carlo Vicente Pedersoli, nascido em Nápoles (Itália) em 31 de outubro de 1929 (84), além de ator foi também um ex-atleta. Morou no Brasil durante três anos e foi funcionário do consulado da Itália em Recife. Na sua juventude foi campeão de natação, tendo competido pela Itália nas Olimpíadas de 1952, 1956 e 1960. Bud foi o primeiro italiano a nadar 100 metros estilo livre em menos de um minuto. Competiu como nadador do time nacional da Itália nos jogos de verão olímpicos em Helsinki, Finlândia, em 1952 e em Melbourne, Austrália, em 1956. De quebra, era jogador de polo classe olímpica. Estudou direito, mas mas preferiu a carreira de ator e apareceu como membro da Guarda Pretoriana em seu primeiro filme, o épico produzido pela Metro "Quo Vadis" (que foi filmado na Itália), em 1951. Durante os anos 50 e parte dos anos 60, apareceu em filmes realizados especialmente para o mercado italiano, mas sua carreira não decolava. No final dos anos 60, mudou seu nome para Bud Spencer. Tratava-se de duas homenagens: a primeira à cerveja Budweiser e a Segunda a seu ator favorito, Spencer Tracy. Com a mudança, Spencer veio a conhecer o sucesso em produções spaghetti western realizadas para distribuição mundial. Juntou-se ao também italiano Terence Hill. Seu primeiro filme juntos foi I Quattro Dell´Ave Maria (1968) e a consagração da dupla se deu em Meu Nome é Trinity (They Call Me Trinity) de 1970. 

Graduado em Direito, e falando seis línguas (inclusive o português, a qual diz frases em alguns filmes tais como em "Charleston" de 1977, quando se faz passar por um milionário brasileiro), Spencer também é autor do registro de diversas patentes. 


- Carreira como atleta

Em 1949, com apenas 20 anos, começa competir com as cores do SS Lazio, proclamando-se campeão italiano de natação nos 100 metros livres, título este que ele viria a conquistar por 7 vezes consecutivas (1949 a 1956). Além disso, ele foi o primeiro italiano a nadar 100 metros, em estilo livre, em menos de um minuto.

As boas performances valeram a Pedersoli a convocação para disputar o Campeonato Europeu de natação em 1950, disputado em Viena (Áustria). Não foi campeão, mas permaneceu no time para disputar em 1951 a primeira edição dos Jogos do Mediterrâneo, onde conquistou a medalha de prata nos 100m livres.

Estes resultados lhe credenciaram a defender as cores da Itália nas Olimpíadas de 1952 e 1956.

Também foi jogador de Pólo Aquático e jogando pela Lázio, foi campeão italiano em 1954. Em 1955, foi medalha de ouro nos Jogos do Mediterrâneo (pelo pólo aquático).

Em 2005 foi homenageado pela Federação Italiana de Natação recebendo o “Caimano d’Oro”, uma comenda de reconhecimento pela sua expressão no esporte nacional.


- Desempenho nos Jogos Olímpicos

Em Helsinque-1952, parou nas semifinais dos 100 livre marcando 58.9 além de integrar o revezamento 4×200 livre da Itália que parou nas eliminatórias.

Quatro anos depois, nos Jogos de Melbourne, Pedersoli já alternava a carreira de nadador com o polo aquático onde se sagrou campeão italiano pela Lazio em 1954. Nos Jogos de 56, parou novamente nas semifinais dos 100 livre, desta vez nadando para 59.0. No ano seguinte deixava o esporte.

- Hobby

Spencer também tinha seu hobby. Tornou-se piloto de jatos e de helicópteros. Por algum tempo, foi dono da Companhia Mistral Air, fundada por ele em 1984. Entretanto, logo encerrou seu negócio, dedicando-se ao mercado de roupas infantis. Depois de 1983, a carreira de Spencer sofreu um declínio. Só voltou a fazer algum sucesso com o drama de ação "Extralarge", realizado para a TV. Homem de muitos talentos, escreveu roteiros e textos para alguns de seus filmes. 

- Sucesso no Cinema

Entre seus vários sucessos estão "Meu Nome é Trinity" (1970) e "Meu Nome Ainda É Trinity" (1971), além de comédias como "A Dupla Explosiva" (1974), "Dois Tiras Fora de Ordem" (1977), "Nós Jogamos com Os Hipopótamos" (1979), Dois Loucos com Sorte (1983) e "Os Dois Super Tiras em Miami" (1985).

Sem Hill, também estrelou filmes com êxito, entre eles "Flatfoot" (1973), "They Called Him Bulldozer" (1978), "Banana Joe" (1982) e Aladin (1986).

Em 1984, no auge do sucesso no Brasil, Spencer e o parceiro chegaram a serentrevistados por Renato Aragão no programa "Os Trapalhões".

Bud também era inventor e piloto de avião e helicóptero. Fluente em seis línguas —incluindo português—, chegou a morar no Brasil entre 1947 e 1949, trabalhando como funcionário do consulado da Itália no Recife.

- Apelido Famoso

O apelido Bud Spencer era uma homenagem à cerveja favorita do ator, a Budweiser, e ao ator americano Spencer Tracy, morto em 1967, ano em que adotou a alcunha.

Em 2005, decidiu entrar para a política, como conselheiro regional em Lazio para o partido de centro direita Forza Italia. Tornou-se político a pedido do primeiro ministro italiano Silvio Berlusconi. “Em minha vida, já fiz de tudo. Há apenas três coisas que ainda não fiz: ser bailarino, jóquei e político. Como os dois primeiros estão fora de questão, decidi entrar para a política”, revela com o humor que sempre o caracterizou. Spencer é casado até hoje com Maria Amato e tem três filhos. Foi dublado no Brasil na maioria de seus filmes por Sílvio Navas.

Segundo o site IMDB, o último trabalho de Bud no cinema foi a comédia alemã "Murder Is my Trade, Darling", lançada em 2009. Em 2014, ele lançou o segundo volume de sua autobiografia.

Faleceu em Roma, na Itália, no dia 27 de junho de 2016 aos 86 anos.

- Filmografia:
  • Quo Vadis (1951), de Mervyn LeRoy
  • Dio perdona... io no! (1967), de Giuseppe Colizzi (Deus Perdoa Eu Não!)
  • I quattro dell'ave maria (1968), de Giuseppe Colizzi (Assim Começou Trinity - Os Quatro da Ave Maria)
  • La collina degli stivali (1969), de Giuseppe Colizzi (Boot Hill - A Colina dos Homens Maus)
  • Un esercito di 5 uomini (1969), de Italo Zingarelli (‎Exército de 5 Homens)
  • Lo chiamavano Trinità (1970), de E.B. Clucher (Enzo Barboni) (Eles me chamam de Trinity) 
  • Il corsaro nero (1971), de Vincent Thomas (Enzo Gicca Palli) (Corsário Negro)
  • ...continuavano a chiamarlo Trinità (1971), de E.B. Clucher (Enzo Barboni) (Trinity Ainda é Meu Nome)
  • Si può fare... amigo (1972), de Maurizio Lucidi (Assim é Que Se Faz... Amigo)
  • Più forte ragazzi! (1972), de Giuseppe Colizzi (Dá-lhe Duro, Trinity)
  • Anche gli angeli mangiano fagioli! (1973), de Enzo Barboni (Dois Anjos da Pesada ou Os anjos também comem feijão)
  • Altrimenti ci arrabbiamo! (1974), de Marcello Fondato (A Dupla Explosiva)
  • Porgi l’altra guancia (1974), de Franco Rossi (Dois Missionários do Barulho)
  • Charleston (1977)
  • I due superpiedi quasi piatti (1977), de E.B. Clucher (Enzo Barboni) (Dois Tiras Fora de Ordem)
  • Pari e dispari (1978), de Sergio Corbucci (Par ou Ímpar)
  • Io sto con gli ippopotami (1979), de Italo Zingarelli (Nós Jogamos com os Hipopótamos)
  • Chi trova un amico, trova un tesoro (1981), de Sergio Corbucci (Quem Encontra um Amigo, Encontra um Tesouro)
  • Banana Joe (1982), (Banana Joe)
  • Nati con la camicia (1983), de E.B. Clucher (Enzo Barboni) (Dois Loucos com Sorte)
  • Non c'è due senza quattro (1984), de E.B. Clucher (Enzo Barboni) (Eu, Você, Ele e os Outros)
  • Miami supercops - I poliziotti dell'ottava strada (1985), de Bruno Corbucci (Os Dois Super Tiras em Miami)
  • Superfantagenio (1986), de Bruno Corbucci (Aladdin)
  • Botte di Natale (1994), de Terence Hill (A Volta de Trinity ou Os Encrenqueiros)
  • Al límite, de Eduardo Campoy (1997)
  • Figli del vento, de José Miguel Juarez (1999)
  • Tre per sempre, de Franco di Chiera (2002)
  • Cantando dietro i paraventi, de Ermanno Olmi (2003)
  • Padre Speranza, de Ruggero Deodato (2005)
  • Pane e olio, de Gianpaolo Sodano (2008)
  • Tesoro, sono un killer, de Sebastian Niemann (2009)
  • I delitti del cuoco – TV, (2010)

  • Terence Hill:

Nome artístico de Mario Giuseppe Girotti, nasceu em Veneza, em 1939, Estreou filmes de ação e faroeste com o parceiro Bud Spencer. Ficou famoso pelo personagem Trinity ("A mão direita do Diabo"). Entre os seus filmes de faroeste mais famosos ha tambem "Il mio nome è Nessuno", no qual foi parceiro de Henry Fonda. Mais recentemente interpretou o herói dos quadrinhos "Lucky Luke". Segundo de três filhos de mãe alemã e de pai italiano, um químico. Na infância viveu na pequena vila Lommatzsch, Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial, Foi descoberto pelo cineasta italiano Dino Risi e fez seu primeiro filme "Vacanze col Gangster" com 12 anos de idade (1951). Daí para frente, não parou mais. Atuava mais para sustentar a família e seus estudos, além de seu hobby preferido: motocicletas. Estudou literatura na Universidade de Roma por três anos, até que decidiu dedicar todo seu tempo ao cinema, Em 1962, apareceu no clássico de Luchino Visconti "O Leopardo" e assinou um contrato para uma série de filmes de aventura e westerns a serem filmados na Alemanha. Em 1967, retornou à Itália no papel principal de "Dio Perdona... Io No". Casou-se com a americana Lori Hill, que trabalhava como instrutora de diálogos no filme.

Mudou seu nome por causa do autor de um livro de histórias latinas, que estava lendo na época, Terenzio e juntou com o sobrenome de sua esposa, Hill. – Terence Hill, Em 1976, recebeu convites para filmar em Hollywood. Apareceu em "March Or Die", ao lado de Gene Hackman e estrelou "Mr. Billion", com Valerie Perrine, 

O ator continua na ativa e tem algumas produções bem recentes, Hoje, vive em Massachussetts e é considerado um produtor e ator respeitado.

Filmografia:
  • 1963 - Il gattopardo, de Luchino Visconti - (O Leopardo)
  • 1967 - Dio perdona... io no!, de Giuseppe Colizzi -
  • 1967 - Little Rita nel West, de Ferdinando Baldi - (Os Pistoleiros Do Oeste)
  • 1967 - Preparati la bara!, de Ferdinando Baldi - (Viva Django)
  • 1968 - I quattro dell'ave maria, de Giuseppe Colizzi - (Assim Começou Trinity - Os Quatro da Ave Maria)
  • 1969 - La collina degli stivali, de Giuseppe Colizzi (Boot Hill - A Colina dos Homens Maus)
  • 1970 - Lo chiamavano Trinità, de E.B. Clucher (Enzo Barboni) - (Chamam-me Trinity)
  • 1971 - Il corsaro nero, de Vincent Thomas (Enzo Gicca Palli) - (Corsário Negro)
  • 1971 - ...continuavano a chiamarlo Trinità, de E.B. Clucher (Enzo Barboni) - (Trinity Ainda é Meu Nome)
  • 1972 - Più forte ragazzi!, de Giuseppe Colizzi - (Dá-lhe Duro, Trinity)
  • 1972 - Il vero e il falso
  • 1972 - ...E poi lo chiamarono il magnifico de E.B. Clucher (Enzo Barboni) (en: Man of the East - br.: E agora me chamam O Magnífico))
  • 1973 - Il mio nome è Nessuno, de Tonino Valeril e Sergio Leone - (Meu Nome É Ninguém)
  • 1973 - …Altrimenti ci arrabbiamo!, de Marcello Fondato - (A Dupla Explosiva)
  • 1974 - Porgi l’altra guancia, de Franco Rossi - (Dois Missionários do Barulho)
  • 1975 - Un genio, due compari, un pollo, de Damiano Damiani e Sergio Leone - (Trinity e Seus Companheiros)
  • 1977 - I due superpiedi quasi piatti, de E.B. Clucher (Enzo Barboni) - (Dois Tiras Fora de Ordem)
  • 1978 - Pari e dispari, de Sergio Corbucci - (Par ou Ímpar)
  • 1979 - Io sto con gli ippopotami, de Italo Zingarelli - (Nós Jogamos com os Hipopótamos)
  • 1981 - Chi trova un amico trova un tesoro, de Sergio Corbucci - (Quem Encontra um Amigo, Encontra um Tesouro)
  • 1983 - Nati con la camicia, de E.B. Clucher (Enzo Barboni) - (Dois Loucos com Sorte)
  • 1984 - Non c'è due senza quattro, de E.B. Clucher (Enzo Barboni) - (Eu, Você, Ele e os Outros)
  • 1985 - Miami supercops - I Poliziotti dell’8º strada, de Bruno Corbucci - (Os Dois Super Tiras em Miami)
  • 1987 - Renegade - Un Osso Troppo Duro, de Enzo Barboni (Renegado - Um Osso Duro de Roer)
  • 1994 - Botte di natale, de Terence Hill - (A Volta de Trinity)
  • 1994 - The night/fight before christmas, de Horst Wendlandt - (Os Encrenqueiros), O último filme da dupla Bud Spencer e Terence Hill
  • 2009 - Doc West, de Marco Barboni , Luca Biglione, Marcello Olivieri e adaptação Jess Hill - (Doc West), O último filme de Terence Hill

  • Músicas:

Bud Spencer e Terence Hill tiveram vários discos gravados com as trilhas sonoras de seus filmes. Dentre as músicas que mais fizeram sucessos podemos destacar as seguintes:


  • Curiosidades:
- Em 1984 ,Os trapalhões entrevistaram Bud Spencer e Terence Hill ,a carismatica dupla foi um grande sucesso dos anos 80 e inicio de 90 nas tardes da Rede Globo,muitos de nós assitiu algum filme deles na sessão da tarde,na entrevista Bud Spencer não apenas fala bem o português como morou no Brasil por alguns anos, E claro além da entrevista até rolou brincadeiras com os Trapalhões, Sempre com o bom-humor da dupla e do quarteto.

- A cena de "Eu, Você, Ele e os Outros" é particularmente curiosa: Hill e Spencer aparecem em pleno estádio do Maracanã, onde assistem ao gol de Romerito que daria o título brasileiro de 1984 ao Fluminense sobre o Vasco. 

- Os fãs consideram Dupla Explosiva, de 1974, um de seus melhores filmes. Nele há uma seqüência memorável, com Bud Spencer acompanhando um coral enquanto Terence Hill tenta avisá-lo que os bandidos estão por perto. 

  • Vídeos:
  • Famosa cena com Bud Spencer e Terence Hill cantando com um coral
video

  • Bud Spencer e Terence Hill no Programa dos Trapalhões em 1984


  • Reencontro de Bud Spencer e Terence Hill no programa de David di Donatello em 2010

video

  • Fotos: