terça-feira, 25 de agosto de 2015

DE VOLTA PARA OS BONS TEMPOS: "Punky - A Levada da Breca"

"Punky - A Levada da Breca" foi um seriado de muito sucesso dos anos 80. Saiba como estão os atores atualmente

Punky, a Levada da Breca fez muito sucesso nos anos 1980 e 1990 no SBT. A série contava a história de Punky Brewster, uma garota engraçada, cuja mãe desapareceu misteriosamente, deixando-a sozinha. Ao se ver abandonada, Punky vai morar escondida em um apartamento vago, ela e o seu cachorro Pinky. Lá, Punky é descoberta pelo síndico do prédio, o fotógrafo Sr. Arthur Bicudo, que a adota. Veja a seguir como estão hoje, os atores dessa série que marcou uma geração:


  • Soleil Moon Frye (Punky)

Está com 39 anos, é casada e tem três filhas: Poet, Jagger e Lyric. Depois de "Punky", fez participações em "Sabrina - aprendiz de feiticeira" e "Friends". Escreveu livros, trabalhou como diretora de TV e ainda faz algumas dublagens.

O que ela faz atualmente? A atriz não conseguiu emplacar um novo grande sucesso. Após atuar em alguns filmes e fazer participações em algumas séries, entre elas Friends, Soleil Moon Frye teve um novo bom momento na carreira, de 2000 a 2003, quando ela interpretou Roxie King, em "Sabrina, a Aprendiz de Feiticeira". Desde então, passou a dublar desenhos animados. Chegou a dirigir dois filmes, Wild Horses (1998) e Sonny Boy (2004). Ela também se aventurou como escritora e em 2011 lançou o livro Happy Chaos: From Punky to Parenting and My Perfectly Imperfect Adventures in Between. Atualmente é co-proprietária da loja de artigos infantis ecológicos The Little Seed. Está casada e tem duas filhas. O perfil da atriz no Twitter possui cerca de 1,5 milhão de seguidores.

  • George Gaynes (Arthur Bicudo)

O pai adotivo de Punky que já tinha 67 anos quando a série começou. Hoje, aos 98 anos, ele já está aposentado, mas trabalhou até 2003, quando participou do filme Recém-Casados com Ashton Kutcher. É casado e tem dois filhos.

  • Ami Foster (Margot Kramer)

A mimada Margaux, era vivida por Ami Foster, que tinha apenas 9 anos na época. Fez participações em “Anos Incríveis”, “Quantum Leap” e "Snoopy".Hoje, ela está com 40 anos, mas já parou de atuar há quase duas décadas. Sua última participação foi em Step by Step, em 1995. Hoje trabalha como cantora.

  • Cherie Johnson (Cátia Alves)

A melhor amiga da Punky está hoje com 40 anos, tinha 9 na época da série. Após o seriado, trabalhou na ´serie “Family Matters” e, em 2009, escreveu, produziu e estrelou o filme “I Do… I Did!”. Hoje trabalha como escritora e poetisa.

  • Casey Ellison (Junior Anderson)

Hoje com 39 anos, vivia o terceiro membro da turma, e também deixou de atuar poucos anos após o final do seriado, em 1988. Participou de séries como “Anjos da Lei” e “Anos Incríveis”. Hoje, aos 40 anos, atua na parte elétrica da produção de filmes.

  • Brandon

O fiel amigo de Punky, que era chamado de Pinky no Brasil, atuou no filme de terror Watchers, em 1988.

  • Susie Garrett (Luiza Alves)

Avó da Cherie Johnson (a Cátia) também na vida real. Após a série, cantou jazz em bares dos Estados Unidos e atuou em peças de teatro. A atriz faleceu, vitima de um câncer, em maio de 2002, no Providence Hospital, em Southfield, Michigan


  • O Seriado
“Punky, a levada da breca” (“Punky Brewster”, nos EUA) foi uma série de comédia americana transmitida originalmente pela NBC de 1984 a 1988. Foram 88 episódios divididos entre 4 temporadas. 

No Brasil, a série foi transmitida pelo SBT, repetindo o mesmo sucesso dos Estados Unidos. Entre 2008 a série foi comprada e redublada pela Rede Bandeirantes, mas não ficou muito tempo no ar (entre 2008 e 2009). A série também virou desenho e na época de seu lançamento foi bastante explorada comercialmente, com o lançamento de vários produtos. 



Sinopse: Penelope ‘Punky’ Baker (Punk Brewster no original) é uma garota engraçada e bem humorada, abandonada por seus pais. O pai de Punky deixou a família quando ela tinha dois anos, e anos mais tarde, foi abandonada por sua mãe que a levou até um supermercado em Chicago e desapareceu. Punky então fica sozinha, apenas com a companhia do seu cão Pinky (Brandon). Logo depois, ela descobre um apartamento vago em um prédio local e passa a viver lá. 

O prédio era gerenciado pelo fotógrafo Arthur Bicudo (Henry Warnimont no original), um senhor viúvo e rabugento. Punky rapidamente se torna amiga de Cátia (Cherry Johnson no original), uma garota que vive no andar acima do apartamento de Arthur, e sua avó Luíza (Betty Johnson no original). Quando Arthur descobre Punky no apartamento vazio adjacente ao seu, ele ouve a história da garota e se emociona, se tornando como um pai para a garota, a adotando mais tarde e se transformando em um homem feliz de novo. Devido a dificuldade de comportamento da garota, a série é repleta de trapalhadas e situações inusitadas, contando com a presença de mais alguns personagens, amigos de Punky, como Junior Anderson (Allen Anderson no original), e a antipática Margot (Margaux Kramer no original). 

Há vários episódios memoráveis durante a série, como o qual Cátia acaba presa em um refrigerador velho durante um jogo de esconde-esconde (se escondendo dentro do refrigerador e não conseguindo sair depois, consequentemente sofrendo de falta de oxigênio) e Punky salva sua vida aplicando técnicas de reanimação cardio-respiratória que ela aprendeu na escola. Há também um dos mais sérios episódios da série no qual trata de abuso sexual de menores.


  • Dublagem (SBT) 
Penélope 'Punky' Baker (Soleil Moon Frye): Denise Simonetto 
Arthur Bicudo (George Gaynes): Mário Jorge Montini 
Luíza Alves (Susie Garrett): Isaura Gomes 
Cátia Alves (Cherie Johnson): Márcia Gomes 
Margot Kramer (Ami Foster): Telma Lúcia 
Anderson Júnior (Casey Ellison): Angélica Santos 
Michael 'Mike' Fulton (T. K. Carter): Luís Carlos de Moraes 
Eduardo 'Edu' Malvin (Eddie Deezen): Orlando Viggiani


  • Canção-tema
A canção-tema da série, chamada "Every Time I Turn Around", foi escrita por Gary Portnoy e Judy Hart Angelo, sendo cantada pelo próprio Portnoy.

Na dublagem da Elenco, foi composta uma canção-tema totalmente diferente da original, de autoria de Mário Lúcio de Freitas e Marcelo Gastaldi.


  •  Spin-offs


O último episódio da primeira temporada, "Sob as Garras de um Ladrão" ("Fenster Hall", no original) foi uma tentativa falha de criar um spin-off de Punky Brewster. Foi exibido originalmente como um episódio de uma hora, porém foi editado e dividido em dois episódios mais curtos nas reprises por syndicated.

Punky (It's Punky Brewster!, no original) foi um spin-off animado com o elenco original que foi exibido pela NBC nas manhãs de sábado. O cartoon foi produzido pela Ruby-Spears e NBC Productions e exibido desde 14 de setembro de 1985 até 4 de setembro de 1988, com um total de 26 episódios, sendo mais tarde licenciado para exibição emsyndicated pela Claster Television.

Nessa série animada (também exibida no Brasil pelo SBT) os nomes originais dos personagens foram poupados pela dublagem, ou seja, não sofreram a mesma troca que ocorreu com a série live-action. Uma grande novidade nesse desenho é a inclusão de um novo personagem animal conhecido como Glomer;(Dublado por Nelson Machado), uma criatura que veio do mundo no final do arco-íris, tendo uma aparência que lembra o cruzamento de um Leprechaun com um urso de pelúcia. Ele possui vários poderes mágicos e tem a habilidade de transportar Punky e seus amigos para qualquer parte da Terra instantaneamente. Alguns episódios mostram Glomer tendo que corrigir seus erros quando executa suas mágicas. Em um deles, Glomer transforma Henry em uma estátua de Júlio César. Já em outro, Punky descobre que pode fazer qualquer pedido aoPapai Noel - que, neste episódio está de férias, vestindo uma camisa havaiana - e, por um acidente, acaba antecipando o Natal para julho (em pleno verão norte-americano). Punky, então, decide não pedir mais nada ao Papai Noel, entendendo o quanto ele trabalha duro para dar os presentes para todas as crianças ao redor do mundo.


  • Abertura
video