sexta-feira, 26 de maio de 2023

Alexandre Pato retorna ao São Paulo Futebol Clube

Alexandre Pato retorna ao São Paulo Futebol Clube

Alexandre Pato está de volta ao Tricolor! Nesta sexta-feira (26), o atacante de 33 anos de idade assinou contrato até 31 de dezembro de 2023, com cláusulas de produtividade, e iniciará a sua terceira passagem pelo clube.

O jogador se recupera de cirurgia no ligamento cruzado anterior do joelho direito e iniciará os treinos com o grupo quando estiver apto. Desde fevereiro, ele optou pelas instalações e profissionais do REFFIS Plus para realizar sua reabilitação. Pato sofreu a lesão em setembro de 2022 durante uma partida do Orlando City (EUA), na MLS, e realiza atividades de transição com a preparação física no CT da Barra Funda.

“É indiscutível a qualidade técnica do Alexandre Pato. Estamos felizes por contar novamente com esse importante jogador em nosso elenco. É uma satisfação muito grande ter o Pato de novo com a camisa do São Paulo. Neste processo de recuperação aqui, no São Paulo, pudemos conviver bastante com ele, e não tenho dúvidas de que em breve estará à disposição da comissão técnica. É um jogador de qualidade e que será muito útil ao elenco”, afirmou o Presidente Julio Casares.

“É uma alegria muito grande. Convivemos com o Pato durante todo este período de recuperação, a gente sabe da qualidade técnica dele. E pudemos presenciar o quanto o Pato tem sido importante no relacionamento com o elenco e será dentro de campo. Não temos dúvida disso. Por isso, todo o nosso esforço para tê-lo conosco. Temos certeza de que ele dará resultado e alegria ao torcedor do São Paulo”, disse o diretor Carlos Belmonte.

“A motivação é sempre a mesma. Tenho um agradecimento ao São Paulo, o São Paulo tem algo diferente na minha carreira de futebol. Gosto muito do clube, gosto muito do São Paulo e das pessoas que trabalham aqui. Esta volta tem sido bem diferente e estou muito feliz. Devo algo ao São Paulo. O clube abriu as portas na minha primeira passagem, em 2014, e de novo neste momento. Espero corresponder todo o carinho do São Paulo”, revelou o atacante, que completou.

“A torcida sempre me acolheu. E sinto isso. Meu carinho pela torcida do São Paulo é diferente. É difícil até de explicar. Tudo que faço pelo São Paulo é por amor mesmo. O torcedor são-paulino me motiva. É como uma família, com uma relação verdadeira”, acrescentou.

A trajetória de Alexandre Pato no Tricolor começou em 2014, quando chegou ao clube por empréstimo do Corinthians. Nesta primeira passagem, o atacante disputou 101 jogos, balançou as redes 38 vezes e deu 16 assistências.

O jogador marcou o gol de número 3000 do Tricolor no Morumbi, em 2015, na vitória sobre o Vasco da Gama por 3 a 0, e foi o artilheiro do time naquela temporada, com 26 gols. Esta era a maior marca de um atleta do clube desde 2012, quando Luis Fabiano anotou 31 gols, até ser superada por Calleri em 2022 – com 27 gols.

Mais tarde, em 2019, Pato retornou ao São Paulo após passagens por Chelsea (2016), Villarreal (2016-17) e Tianjin Tianhai (2017-2019) e defendeu o Tricolor até agosto de 2020: foram 35 jogos e nove gols marcados.

No total, foram 136 partidas e 47 gols pelo clube. Nos últimos dois anos, o atacante atuou no Orlando City, dos Estados Unidos.

ALEXANDRE PATO

Nome completo: Alexandre Rodrigues da Silva
Data de nascimento: 02/09/1989 (33 anos)
Local de nascimento: Pato Branco (PR)
Altura: 1m80
Peso: 78 kg

Clubes: Internacional (2006-2007), Milan (2007-2013), Corinthians (2013-2014), São Paulo (2014-2015), Chelsea (2016), Villarreal (2016-17), Tianjin Tianhai (2017-2019), São Paulo (2019-2020), Orlando City (2021-2022) e São Paulo (desde 2023)

Títulos por clube: Mundial de Clubes da FIFA (2006), Recopa Sul-Americana (2007 e 2013), Troféu Luigi Berlusconi (2008 e 2009), Campeonato Italiano (2010/11), Supercopa da Itália (2011), Campeonato Paulista (2013) e US Open Cup (2022)

Título pela Seleção Principal: Copa das Confederações (2009)

Títulos pelas Seleções de base: Copa Sendai Sub-18 (2006), Campeonato Sul-Americano Sub-20 (2007), Medalha de Bronze nos Jogos Olímpicos de Pequim (2008) e Medalha de Prata nos Jogos Olímpicos de Londres (2012)

Premiações: Melhor jogador da Copa Macaé de Futebol Sub-17 (2005), Melhor jogador da Copa Sendai Sub-18 (2006), Melhor jogador do Campeonato Brasileiro Sub-20 (2006), Oscar del Calcio - Seleção dos melhores do Campeonato Italiano (2009) e Golden Boy - Melhor jogador atuando na Europa até 21 anos (2009)

Artilharias: Campeonato Brasileiro Sub-20, com sete gols (2006), Copa Sendai pela Seleção Brasileira, com quatro gols (2006) e Recopa Sul-Americana, com dois gols (2007),

Destaque: Jogador mais jovem a marcar em uma competição oficial da FIFA - Mundial de Clubes (2006)