terça-feira, 9 de maio de 2023

Ao 75 anos morre Rita Lee, rainha do rock brasileiro

Ao 75 anos morre Rita Lee, rainha do rock brasileiro

Rita Lee, uma das maiores cantoras e compositoras da história da música brasileira, morreu nesta segunda-feira (8), aos 75 anos. Ela foi diagnosticada com câncer de pulmão em 2021 e vinha fazendo tratamentos contra a doença.

A família da cantora divulgou um comunicado nas redes sociais dela: "Comunicamos o falecimento de Rita Lee, em sua residência, em São Paulo, capital, no final da noite de ontem, cercada de todo o amor de sua família, como sempre desejou". O velório será aberto ao público, no Planetário do Parque Ibirapuera, na quarta-feira (10), das 10h às 17h.

Rita Lee deixa o marido, Roberto de Carvalho, e três filhos - Beto, de 45 anos; João, de 44; e Antônio, de 42.

Iniciou a carreira profissional nos anos 1960, como uma das primeiras mulheres a fazerem sucesso tocando guitarra. Integrou, com grande sucesso, o grupo Os Mutantes, de 1966 a 1972.
Já conhecida nacionalmente, passou a fazer parte de outra banda, a Tutti Frutti, que durou de 1973 a 1978. Desde então, passou a figurar nas rádios com hits como Ovelha Negra, Mania de Você, Lança Perfume, Baila Comigo, entre outros sucessos. Firmou-se como uma campeã de vendagens no país, com mais de 55 milhões de discos.

A trajetória solo, a partir de 1978, também seria marcada com uma parceria com o guitarrista Roberto de Carvalho, com quem é casada desde 1976. Antes, ela já havia se unido a Arnaldo Baptista, de 1968 a 1972. Ao longo da carreira, conciliou o rock com baladas românticas, canções de bossa nova e outros estilos.

Pontualmente, fez trabalhos como atriz, escritora e integrou programas de TV. Com Roberto de Carvalho, teve três filhos: o cantor, compositor e guitarrista Beto Lee, além de João e Antônio, todos nascidos nos anos 1970. Anunciou sua aposentadoria em 2012, mas seguiu próxima dos fãs por meio das redes sociais.

Foto: Divulgação