domingo, 7 de maio de 2023

Dentil/Praia Clube vence Gerdau Minas e é campeão da Superliga Feminina pela segunda vez

Dentil/Praia Clube vence Gerdau Minas e é campeão da Superliga Feminina pela segunda vez


No clássico mineiro que definiu o campeão da Superliga feminina 1XBET, melhor para o Dentil/Praia Clube. A equipe do treinador Paulo Coco venceu, neste domingo (07.05), o Gerdau Minas na decisão por 3 sets a 0 (25/22, 25/22 e 26/24), no ginásio Sabiazinho, em Uberlândia (MG), e conquistou o segundo título da competição, somando à conquista da edição 2017/18. A partida teve o ginásio lotado, com 6.240 pessoas.

A levantadora Claudinha foi eleita a melhor jogadora da partida e ficou com o Troféu VivaVôlei. A oposta Anne acabou o confronto como a maior pontuadora, com 20 acertos. Pelo lado do Gerdau Minas, a ponteira Peña fez 15 pontos. A oposta Kisy, do Gerdau Minas, foi eleita a melhor jogadora da temporada (MVP) e ganhou uma bolsa de estudos na Unicesumar.

Claudinha, levantadora do Dentil/Praia Clube – “O voleibol é feito para passar alegria. Nós não gostamos de perder, mas a derrota faz parte do processo. Sempre acreditamos e ganhar uma final de Superliga não é fácil. Essa reta final foi muito especial. De todas as finais que eu disputei essa foi diferente. O time estava leve e confiante. Conseguimos colocar em prática em uma final o que treinamos o ano inteiro”.

Carol, central do Dentil/Praia Clube – “Fechar essa temporada com o título é muito especial. Esse é um grupo de muita entrega e esse ano não foi diferente. O time todo estava confiante e acreditando o tempo todo”.

Anne, oposta do Dentil/Praia Clube – Não tenho palavras. Estou muito feliz. A equipe se juntou e deu tudo certo. Queríamos muito ganhar esse título. O sentimento é muito bom”.

Paulo Coco, treinador do Dentil/Praia Clube – “Foi um jogo de altos e baixos e as duas equipes alternaram bastante. Nosso time conseguiu segurar a pressão nos momentos de dificuldade, o que faltou nos últimos três anos. O nosso mental estava mais forte e o time entendeu a importância da coletividade. Esses foram fatores fundamentais para o título”.

Thaisa, central do Gerdau Minas – “Pela temporada de altos e baixos que fizemos chegar nessa decisão foi muito importante. Tivemos muita resiliência ao longo da temporada. Nunca deixamos de acreditar. Ficamos tristes pela derrota, mas o Dentil/Praia Clube mereceu a vitória e fez uma grande partida”.

Henrique Netto, diretor de Marketing e Novos Negócios da CBV: “Foi uma final que celebrou o sucesso desta edição da Superliga, com dois grandes times na decisão, uma festa linda. Esse ano foi muito importante com as novidades que a CBV implementou na competição. Identificamos a base de fãs do voleibol e ampliamos nosso relacionamento com eles. Lançamos o Cravada, nosso fantasy game, e o Canal Vôlei Brasil aumentou o número de transmissões. Estamos prestes a lançar no nosso e-commerce uma linha de produtos licenciados. O voleibol vai se estruturando cada vez mais e, com isso, as perspectivas paras as próximas competições são as melhores”.

SUPERLIGA FEMININA 1XBET 22/23

SELEÇÃO DO CAMPEONATO

MVP – Kisy (Gerdau Minas)
Oposta – Kisy (Gerdau Minas)
Levantadora – Brie King (Sesc RJ Flamengo)
Ponteiras – Veronica Jones Perry (Roni) (Sesc RJ Flamengo) e Yonkaira Peña (Gerdau Minas)
Centrais – Carol (Dentil/Praia Clube) e Thaisa (Gerdau Minas)
Líbero – Nyeme (Gerdau Minas)
Revelação – Maiara Basso (Barueri Volleyball Club)
Melhor Técnico – Paulo Coco (Dentil/Praia Clube)
Árbitro – Angela Araújo Gusmão – RS

CLASSIFICAÇÃO FINAL

1º - Dentil/Praia Clube (MG)
2º - Gerdau Minas (MG)
3º - Osasco São Cristóvão Saúde (SP)
4º - Sesc RJ Flamengo (RJ)
5º - Fluminense (RJ)
6º - Sesi Vôlei Bauru (SP)
7º - Pinheiros (SP)
8º - Barueri Volleyball Club (SP)
9º - Unilife Maringá (PR)
10º - Brasília Vôlei (DF)
11º Energis 8 São Caetano (SP)
12º Abel Moda Vôlei (SC)

GALERIAS DE FOTOS: