terça-feira, 16 de maio de 2023

Passeata vai marcar dia nacional de combate ao abuso e à exploração sexual contra crianças e adolescentes em Poços de Caldas

Passeata vai marcar dia nacional de combate ao abuso e à exploração sexual contra crianças e adolescentes em Poços de Caldas

Na próxima quinta-feira, 18 de maio, é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes. Para marcar a data, será realizada em Poços de Caldas uma passeata pelas ruas centrais da cidade, com concentração no Coreto da Praça Pedro Sanches, a partir das 13h e participação da Banda Marcial da Escola Municipal Edir Frayha.

A passeata segue pelas ruas Francisco Salles e Assis Figueiredo, até a esquina da rua Prefeito Chagas, onde será realizada panfletagem. Para 2023, o tema é “Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes: Esquecer é Permitir, Lembrar é Combater”.

Este é o 23º ano de mobilização do Dia 18 de Maio – Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, instituído pela Lei Federal 9.970/00, uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes.

Em 2023, a data marca os 50 anos do assassinato da menina Araceli Crespo, com apenas 8 anos, encontrada morta com sinais de violência física e sexual no dia 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória/ES. Mesmo com o trágico aparecimento de seu corpo em uma movimentada rua da capital do Espírito Santo, os criminosos ficaram impunes. Este acontecimento chocou o país e despertou diversas discussões sobre como proteger as crianças das situações de abuso sexual. E é por isso que 18 de maio se tornou o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, mobilização que visa à construção de estratégias para que nenhuma criança ou adolescente tenha que vivenciar as marcas da violência sexual ou da impunidade.

O objetivo é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da defesa dos direitos de crianças e adolescentes. É necessário garantir a toda criança e adolescente o direito ao seu desenvolvimento de forma segura e protegida, livre do abuso e da exploração sexual.
“A campanha visa também divulgar os canais de denúncia bem como os serviços que são ofertados no município para este tipo de atendimento”, informa a gerente do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Cíntia Bernardes.

A violência sexual pode ocorrer tanto por meio do abuso sexual dentro e fora da família como da exploração sexual. Crianças e adolescentes vítimas de violência sexual, por estarem vulneráveis, se tornam mercadorias e assim são utilizadas nas modalidades de exploração sexual como: tráfico, pornografia, contexto da prostituição e exploração sexual no turismo.

Como denunciar:

CONSELHO TUTELAR
O Conselho Tutelar é acionado por meio de denúncias de violação de direitos de crianças e adolescentes, atuando também em ações de prevenção à violência sexual. Em Poços de Caldas, são dois Conselhos Tutelares, divididos regionalmente.
Telefone: 3697-2185 e 37120726

DISQUE 100 (ligação gratuita)
Denúncias anônimas podem ser feitas também pelo DISQUE 100, que funciona 24 horas, inclusive aos finais de semana e feriados.

DISQUE 190
Está presenciando ou escutando alguma situação que possa se configurar como violação dos direitos de uma criança ou de um adolescente e precisa interromper a situação naquele momento? Em caso afirmativo, acione a Polícia Militar imediatamente pelo telefone 190!