sábado, 3 de junho de 2023

Brasil derrota República Dominicana e conquista segunda vitória na Liga das Nações 2023

Brasil derrota República Dominicana e conquista segunda vitória na Liga das Nações 2023

Com boa participação da oposta Lorrayna e da líbero Natinha, a seleção feminina chegou na segunda vitória na Liga das Nações 2023. Neste sábado (03.06), o Brasil venceu a República Dominicana por 3 sets a 1 (27/25, 20/25, 25/21 e 27/25), em Nagoya, no Japão. A ponteira Ana Cristina foi a maior pontuadora entre as brasileiras, com 16 pontos. A ponteira Julia Bergmann, com 13, e as atacantes Kisy e Diana, com 12, também pontuaram bem. Apesar da derrota, as dominicanas tiveram a maior pontuadora do confronto, a oposta Gonzales, com 22 acertos.

O Brasil encerra a participação na primeira semana da Liga das Nações às 0h40 deste domingo (02.06) contra a Croácia, com transmissão ao vivo do sportv 2.

Lorrayna, oposta, veio do banco e colaborou, com 10 pontos (nove de ataque e um de bloqueio): “Foi uma vitória importante para o nosso grupo e fico feliz por ter ajudado. Temos que ir para cima dos adversários. Amanhã temos mais um jogo contra a Croácia e vamos em busca da terceira vitória para fecharmos bem essa primeira etapa”.

Julia Bergmann, ponteira, marcou 13 pontos (11 de ataque e três de bloqueio): “Foi um jogo apertado desde o começo. Como algumas jogadoras da República Dominicana jogam no Brasil, elas conhecem o nosso sistema de jogo. Lutamos até o final tanto no ataque como na defesa. A Lorrayna entrou super bem. Foi um jogo longo e o importante é que a vitória veio”.

Diana, central, marcou 12 pontos (nove de ataque, dois de bloqueio e um de saque): “Hoje todo o time jogou com alegria e disposição. Estudamos bastante a República Dominicana e acredito que o diferencial da partida foi termos rodado bolas nos momentos decisivos. Nosso sistema defensivo - tanto o bloqueio como a defesa -, funcionou muito bem”.

Natinha, líbero, fez uma defesa decisiva, que fechou o terceiro set: “O time todo está de parabéns. O astral desse grupo é incrível. A sensação de terminar o set com uma defesa é muito boa. Nos dedicamos muito para defender o maior número de bolas possíveis e quando acontece um lance como o do final do terceiro set, fico realizada”.

José Roberto Guimarães, treinador do Brasil: “Precisamos diminuir o número de erros de contra-ataques. O sistema defensivo e a agressividade no saque também podem ser melhores. Passamos por dificuldades principalmente no quarto set quando colocamos a República Dominicana no jogo. Abrimos e deixamos elas encostarem no placar. Foi importante termos segurado essa pressão para fechar o set e o jogo”.

O Brasil jogou com Macris, Kisy, Ana Cristina, Julia Bergmann, Diana e Carol. Líbero – Natinha. Entraram – Naiane, Lorrayna, Maiara Basso

LIGA DAS NAÇÕES:

31/05 – Brasil 2 x 3 China (23/25, 25/22, 20/25, 25/20 e 12/15)
01/06 – Brasil 3 x 0 Holanda (25/23, 25/23 e 25/21)
03/06 – Brasil 3 x 1 República Dominicana (27/25, 20/25, 25/21 e 27/25)
04/06 – Brasil x Croácia, às 0h40 (horário de Brasília) – sportv 2

Foto: Divulgação/FIVB