quarta-feira, 14 de junho de 2023

Na volta de Thaisa, seleção feminina vence a Coreia do Sul na estreia da segunda etapa da Liga das Nações 2023

 Na volta de Thaisa, seleção feminina vence a Coreia do Sul na estreia da segunda etapa da Liga das Nações 2023


Na partida que marcou a volta da bicampeã olímpica Thaisa à seleção feminina, o Brasil estreou com vitória na segunda semana da Liga das Nações 2023. Nesta quarta-feira (14.06), a equipe do treinador José Roberto Guimarães venceu a Coréia do Sul por 3 sets a 0 (31/29, 25/16 e 25/16), no ginásio Nilson Nelson, em Brasília (DF). Depois de cinco anos, Thaisa fez a festa do torcedor brasileiro, foi aplaudida por todo o ginásio e deixou a quadra com 11 acertos.

O Brasil volta à quadra às 21h desta quinta-feira (15.06) contra a Sérvia. O sportv 2 transmite ao vivo.

Thaisa, central, marcou 11 pontos (nove de ataque, um de bloqueio e um de saque) – “Foi muito especial. Quando escutei meu nome meus olhos encheram de lágrimas, tive que respirar fundo e segurar a emoção. Fiquei muito emocionada com todo o carinho que recebi nessa noite. Que bom que deu certo, agora é seguir me conectando com o time e a Macris para pegar esse ritmo de jogo. Estou feliz com o resultado. O importante é estar dentro de quadra e sair daqui com essa vitória”.

Kisy, oposta, fez 15 pontos (13 de ataque e dois de bloqueio) – “Foi uma boa vitória. No primeiro set toda a equipe estava um pouco tensa, mas conseguimos impor o nosso ritmo no decorrer da partida. O Zé conseguiu usar quase todo o time e isso é importante para a sequência da competição”.

Julia Bergmann, marcou 15 pontos (14 de ataque e um de saque) – “Tenho que agradecer a todos que assistiram nossa partida. Foi o primeiro jogo dessa semana e depois do primeiro set já estávamos mais entrosadas. A Coréia dificultou o nosso jogo, defendeu e atacou bem. Foi uma boa preparação para os três próximos jogos”.

José Roberto Guimarães, treinador do Brasil – “O mais importante é quando você tem brilho no olho, que é o que tenho visto na Thaisa. Essa vontade de voltar, de jogar pela seleção. Ela estava ansiosa, eufórica, parecia uma menina que estava começando na seleção. Isso é muito legal. Ainda estão faltando ajustes. Arriscamos em algumas bolas no primeiro set, erramos alguns contra-ataques e esses erros acabaram colocando o adversário no jogo. A dificuldade do primeiro set foi essa. No segundo já fomos melhor no ataque e no contra-ataque. Algumas jogadoras não jogaram e primeira fase, e treinar é diferente de jogar”.

O Brasil começou com Macris, Lorenne, Thaisa, Diana, Pri Daroit, Julia Bergmann e líbero Nyeme. Entraram: Kisy, Roberta, Maiara Basso, Lorena, Rosamaria

GALERIA DE FOTOS:


LIGA DAS NAÇÕES:

Nagoya (Japão)

31/05 – Brasil 2 x 3 China (23/25, 25/22, 20/25, 25/20 e 12/15)
01/06 – Brasil 3 x 0 Holanda (25/23, 25/23 e 25/21)
03/06 – Brasil 3 x 1 República Dominicana (27/25, 20/25, 25/21 e 27/25)
04/06 – Brasil 3 x 0 Croácia (26/24, 25/18 e 25/8).

Brasília (Brasil)

14/06 – Brasil 3 x 0 Coréia do Sul (31/29, 25/16 e 25/16)
15/06 – Brasil x Sérvia, às 21h – sportv 2
17/06 – Brasil x Alemanha, às 14h – sportv 2
18/06 – Brasil x Estados Unidos, às 10h – TV Globo e sportv 2

Foto: Mauricio Val/CBV