terça-feira, 29 de agosto de 2023

Seleção feminina sub-21 conquista a medalha de bronze no Mundial de Vôlei do México

Seleção feminina sub-21 conquista a medalha de bronze no Mundial de Vôlei do México

A seleção feminina sub-21 encerrou a participação no Mundial do México com a medalha de bronze. Na disputa pela terceira posição, na noite deste sábado (26.8), a equipe verde e amarela, comandada pelo técnico Wagão, levou a melhor sobre a seleção japonesa por 3 sets a 0 (25/16, 25/21 e 25/14), em León (MEX). Esta foi a 14ª medalha brasileira na história da competição, terceira de bronze.

"Foi uma competição muito equilibrada, e os resultados mostraram isso. Os seis primeiros colocados foram as equipes de escolas tradicionais do voleibol mundial. Nosso time mostrou uma evolução, não chegamos à decisão por circunstâncias do jogo e mérito do adversário. O que levamos desta campanha é a evolução individual das atletas, que estão no caminho para a construção de uma carreira como profissionais, visando a seleção principal", comentou Wagão.

O título do Mundial ficou com a China que venceu a Itália na decisão em jogo definido no quinto set. A campanha brasileira na competição foi de cinco vitórias em oito jogos. Além da terceira posição, o fruto do trabalho coletivo rendeu também destaques individuais. A central Luzia entrou para a seleção do campeonato, e ainda foi a maior bloqueadora com 39 pontos no neste fundamento. Isis Simonetti foi a quarta melhor levantadora, e a líbero Lelê, capitã do time brasileiro, foi a sexta melhor na defesa.

“Conseguimos uma terceira posição em uma competição bastante equilibrada. Treinamos e nos dedicamos para subir ao pódio no Mundial. Fico também muito honrada por ter colaborado e fazer parte da seleção do campeonato”, disse Luzia.

A seleção feminina sub-21 disputou a competição no México com as opostas Ana Luiza Rüdiger, Gabriela Carneiro e Jaqueline Schmitz; as levantadoras Isis Simonetti e Maria Clara Carvalhaes; as centrais Julliana Gandra, Lívia Lima e Luzia Nezzo; as ponteiras Aline Segatto, Helena Wenk e Nicole de Oliveira; e a líbero Letícia Moura.

TABELA

Primeira Fase – Grupo B
17.8 (QUINTA-FEIRA) Brasil 3x0 República Dominicana (25/14, 25/12 e 25/13)
18.8 (SEXTA-FEIRA) Brasil 3x0 Tunísia (25/9, 25/9 e 25/15)
19.8 (SÁBADO) Brasil 1x3 Itália (25/23, 23/25, 23/25 e 18/25)

Segunda Fase – Grupo F

21.8 (SEGUNDA-FEIRA) Brasil 3x0 Turquia (25/15, 25/21 e 25/13)
22.8 (TERÇA-FEIRA) Brasil 3x0 Estados Unidos (25/19, 25/18 e 25/22)
23.8 (QUARTA-FEIRA) Brasil 1x3 Itália (25/22, 15/25, 15/25 e 24/26)

Semifinal

25.8 (SEXTA-FEIRA) Brasil 2x3 China (25/27, 17/25, 25/20, 25/19 e 6/15)

Disputa do bronze

26.8 (SÁBADO) Brasil 3x0 Japão (25/16, 25/21 e 25/14)