domingo, 1 de outubro de 2023

Com 23 pontos de Darlan, seleção masculina vence a segunda partida no Pré-Olímpico

Com 23 pontos de Darlan, seleção masculina vence a segunda partida no Pré-Olímpico

Darlan saiu do banco para fazer quase um set inteiro de pontos – foi o maior pontuador da partida com 23 acertos –, a torcida mais uma vez deu um show nas arquibancadas do Maracanãzinho, e a seleção brasileira venceu sua segunda partida no Pré-Olímpico masculino. Neste domingo (01.10), o Brasil venceu a República Tcheca por 3 sets a 2 (22/25, 25/16, 25/20, 21/15 e 16/14) e deu mais um passo da caminhada em busca de uma vaga para Paris 2024.

O time comandado por Renan Dal Zotto volta a jogar nesta terça-feira (03.10), contra a Alemanha, às 20h30. O sportv 2 transmite a partida.

A seleção entrou em quadra neste sábado com Bruninho, Alan, Lucarelli, Honorato, Lucão, Flavio e o líbero Thales. Entraram Darlan, Adriano, Otávio, Lukas Bergmann e Fernando Cachopa.


Renan Dal Zotto, técnico da seleção brasileira. “Foi uma vitória importantíssima. Hoje a vitória foi de todo o time. Todos contribuíram, não só os que começaram o jogo, mas também os que entraram. Todos deram o máximo. E quem estava do lado de fora, estava ali torcendo, apoiando, dando uma palavra de incentivo. Isso mostra a força dessa equipe”.

Darlan, oposto da seleção brasileira e maior pontuador da partida, com 23 acertos. “O meu dever é sempre ajudar a seleção. Em alguns momentos, a energia pode estar um pouco baixa, então tento puxar pra cima, chamar a torcida, não desistir nunca. Podemos estar muitos pontos atrás que eu vou estar gritando e sei que com isso posso ajudar o time”.

Bruninho, levantador e capitão da seleção brasileira. “Foi uma vitória de coração. Mostramos força de vontade, não desistimos nunca. Queria agradecer à torcida, que também acreditou até o fim”

Honorato, ponteiro da seleção brasileira. “Hoje a palavra que fica é resiliência. Começamos um pouco abaixo, mas a galera que veio do banco correspondeu. Jogamos o segundo e o terceiro set muito bem, mas depois deixamos cair um pouco o ritmo e diminuímos a agressividade no saque. Mas o time está de parabéns, porque não desistiu nunca diante de um adversário que jogou muito bem. Essa luta foi fundamental e vencemos essa segunda batalha. Obrigada à torcida que empurrou a gente e foi o oitavo jogador em quadra”.

Foto: Mauricio Val/FVImagem/CBV