quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024

Prefeitura de São Carlos apresenta para a nova diretoria da ACISC projeto executivo de microdrenagem

Prefeitura de São Carlos apresenta para a nova diretoria da ACISC projeto executivo de microdrenagem

Os secretários de Governo, Netto Donato, de Obras Públicas, João Muller e o vice-prefeito Edson Ferraz, acompanhados do engenheiro Paulo Vaz Filho, apresentaram na manhã desta quinta-feira (29/02), para a nova diretoria da Associação Comercial e Industrial de São Carlos (ACISC), o projeto executivo de microdrenagem para a região da rua José Bonifácio.

O projeto foi contratado pela ACISC e será executado com recursos da Prefeitura de São Carlos no valor aproximado de R$ 1,7 milhão. “O objetivo é diminuir o volume de água que sai da Estação Ferroviária e acaba chegando na rua Episcopal pelo Calçadão. O projeto executivo foi custeado pela Associação e desenvolvido pelo engenheiro Paulo Vaz Filho, especialista em macro e microdrenagem e prevê a abertura de 45 bocas de lobo e a mudança da rede na região central da cidade”, explica João Muller, secretário de Obras Públicas.

Os secretários municipais também apresentaram para a presidente da ACISC, Ivone Zanquim, tudo o que a Prefeitura pretende fazer para revitalizar o entorno da região central, incluindo a reforma de várias praças públicas. “Já fizemos a revitalização da Praça Paulino Carlos, conhecida como Praça da Catedral e vamos iniciar os trabalhos na praça dos Voluntários, praça Santa Cruz, praça Antônio Prado e na praça Pedro de Toledo, um investimento de R$ 1,5 milhão”, disse Muller.

Netto Donato, secretário de Governo, falou das obras contra enchentes e dos equipamentos de alerta e monitoramento instalados nas áreas de risco, incluindo a baixada do mercado, além dos projetos executivos já contratados. “Agora em março a empresa vencedora da licitação, a Hidrostudio Engenharia S/S, especializada em drenagem urbana, vai nos apresentar os estudos realizados para solucionar os problemas de enchentes nas bacias dos Córregos do Gregório e do Simeão, na região do mercado municipal. Agora vai ser a técnica que vai nos dizer qual a solução para a região central da cidade que historicamente sofre com as enchentes. Porém, independente desses projetos, estamos trabalhando para que as águas não chegam na baixada com tanta violência fazendo obras de drenagem como a finalizada na Lagoa Serena e na Praça Itália, os próprios piscinões da CDHU e da Travessa 8. Se não fossem essas ações o volume de água seria muita maior e causaria ainda mais prejuízos. Também construímos um protocolo para que as pessoas em situações de risco tivessem tempo para tomar uma atitude, para abandonar a área, retirar veículos e mesmo fechar as portas no caso do comércio com as cornetas instaladas em várias regiões”, afirmou Netto.

Para o vice-prefeito Edson Ferraz a parceria entre a Prefeitura e a ACISC ajuda muito comerciantes e comerciários. “São Carlos está investindo muito em obras de drenagem, porque tem planejamento e agora tem projetos para buscar recursos para combater alagamentos”, disse o vice-prefeito lembrando que a constituição territorial da cidade possui um núcleo urbano próximo a inúmeros córregos afluentes das sub bacias do Gregório e Monjolinho, incluindo várzeas, áreas de proteção ambiental e leito de córregos, além da área urbana ter como características acentuadas declividades em suas vias públicas que exigem infraestrutura de grande porte para a drenagem urbana.

Ivone Zanquim, presidente da ACISC, agradeceu os representantes da Prefeitura pela atenção dispensada ao centro comercial da cidade. “Preservar o centro da cidade com obras pontuais e melhoria para que essa região não sofra com alagamentos é essencial para atrair o consumidor. Não adianta um lugar lindo, mas sem movimentação. Agradecemos também ao município pelos eventos no centro da cidade, isso é muito importante para o comércio”, disse a nova presidente da ACISC.

Também participaram da reunião o 1º vice-presidente da ACISC, José Fernando Domingues, o assessor jurídico, Estevam Luiz Muskat e Alexandre Rosa, gerente Administrativo e Financeiro e o secretário de Meio Ambiente, Júnior Zanquim.

Foto: Divulgação/Prefeitura de São Carlos