domingo, 4 de fevereiro de 2024

São Paulo vence o Palmeiras e é campeão da Supercopa Rei

São Paulo vence o Palmeiras e é campeão da Supercopa Rei

Em uma decisão resolvida nos pênaltis, o São Paulo derrotou o Palmeiras no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, e conquistou a Supercopa Rei. O Tricolor fez 4 a 2 nos pênaltis, após empate sem gols no tempo normal.

O primeiro tempo foi bem disputado, com as duas equipes chegando ao ataque. Aos 20 minutos, Wellington Rato cruzou na área, a bola sobrou e Alisson chegou na dividida, mas a zaga palmeirense jogou para escanteio. A outra boa chance são-paulina saiu dos pés de Calleri, aos 23 minutos, que não conseguiu converter. Nikão ficou com o rebote, mas a bola parou no goleiro adversário. Aos 40, numa jogada bem trabalhada entre Nikão e Calleri, Luciano ficou na cara do gol, porém não teve sucesso na finalização.

Após o intervalo da partida, a equipe de Thiago Carpini buscou maior eficiência nas finalizações. Aos 32 minutos da etapa final, Calleri chegou com perigo, mas o goleiro defendeu. Em cobrança de falta, Galoppo bateu no canto esquerdo e acertou a trave, aos 35.

A etapa regular terminou em 0 a 0 e a disputa foi para os pênaltis. Calleri, Galoppo, Pablo Maia e Michel Araujo converteram. Rafael brilhou e defendeu duas cobranças do Palmeiras.

O São Paulo conquistou mais um título inédito e, agora, é SUPERCAMPEÃO DE TUDO. A Supercopa Rei é do Tricolor!

O São Paulo volta a campo contra o Água Santa, na próxima quarta-feira (7), às 21h35, no MorumBIS, pelo Paulistão.

PALMEIRAS x SÃO PAULO

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 04/02/2024 (domingo)
Horário: 16h

SEP: Weverton; Marcos Rocha Gustavo Gómez e Murilo; Mayke (Gabriel Menino 36/2), Richard Ríos (Aníbal Moreno 36/2), Raphael Veiga, Zé Rafael (Luis Guilherme 41/2) e Piquerez; Rony e Flaco López (Jhon Jhon 16/2). Técnico: Abel Ferreira
Cartões amarelos: Raphael Veiga (14/1), Vitor Castanheira – auxiliar técnico (19/1), Zé Rafael (22/1), Flaco López (31/1), Abel Ferreira (32/1), Marcos Rocha (45/2) e Luis Guilherme (49/2).

SPFC: Rafael; Rafinha (Moreira 13/2), Arboleda, Diego Costa e Welington (Erick 24/2); Alisson e Pablo Maia; Wellington Rato (Ferreira 36/2), Luciano (Galoppo 24/2) e Nikão (Michel Araujo 0/2); Calleri. Técnico: Thiago Carpini
Cartões amarelos: Luciano (1/1), Pablo Maia (18/2), Welington (27/2), Thiago Carpini (38/2) e Erick (46/2).

Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Guilherme Dias Camilo (MG)
Quarto Árbitro: Rafael Rodrigo Klein (RS)
Assessor: Antonio Pereira da Silva (GO)
Quinto Árbitro: Fernanda Kruger (MT)
Árbitro de Vídeo: Wagner Reway (ES)
AVAR: Cleriston Clay Barreto Rios (SE)
Assistente de Árbitro de Vídeo 2: Daniel Nobre Bins (RS)
Observador de VAR: Pericles Bassols Pegado Cortez (RJ)

Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC