quarta-feira, 27 de março de 2024

Osasco São Cristóvão Saúde bate Pinheiros e está a uma vitória da semi da Superliga 2023/24

Osasco São Cristóvão Saúde bate Pinheiros e está a uma vitória da semi da Superliga 2023/24

Osasco São Cristóvão Saúde está a uma vitória de mais uma semifinal de campeonato nacional. A equipe comandada pelo técnico Luizomar abriu o playoff das quartas de final da Superliga Bet7K com vitória sobre o Pinheiros, na noite desta quarta-feira (27), no ginásio José Liberatti. Diante de sua torcida, que uma vez mais lotou as arquibancadas, Camila Brait, Butler, Giovana, Lorenne, Tifanny e cia. marcaram 3 sets a 0, com parciais de 25/16, 26/24, 25/21, em 1h26min. Se repetirem o resultado na partida deste sábado (30), em São Paulo, as osasquenses carimbam o passaporte para a próxima fase.

Lorenne analisou a vitória. “Conseguimos uma vitória importante. Demos o primeiro passo e esperamos um jogo duro na casa delas. Mas temos dois dias para trabalhar, estudar e lutar para conquistar a vaga na semifinal”, disse a oposta, maior pontuadora da partida, com 17 acertos. “Estamos muitos felizes e unidas para seguir em frente até chegar à final”, disse Brionne Butler, eleita a melhor em quadra e ganhadora do troféu VivaVôlei.

“A máxima do primeiro jogo de playoff é ninguém ganhou nada e ninguém perdeu nada. Começa um campeonato diferente e precisamos de duas vitórias para avançar à semifinal, então, é como falei para as meninas ao final dessa partida: agora é manter o foco. Vamos jogar na casa do Pinheiros, que tem um time aguerrido. Já voltamos ao trabalho amanhã, para estudar o que elas fizeram e podem fazer, assim como o que nós fizemos e podemos fazer para tentar fechar o playoff”, comentou o técnico Luizomar.


O jogo – Com apoio da torcida, bom saque e volume de jogo, a equipe de Osasco soube construir a vitória no set inicial. Com um ace, Callie faz 10/9 e iniciou a arrancada no placar. Butler montou o paredão no 15/10 e dez pontos depois, novamente subiu no bloqueio para marcar, desta vez o ponto final: 25/16. Além do bom desempenho e do resultado, a boa notícia foi o retorno de Duda. Recuperada da lesão no joelho, ela fez a estreia na temporada, entrando na inversão quando o marcador apontava 21/13.

Osasco chegou a ficar seis pontos atrás no segundo set (6/12). A reação veio, ponto a ponto, sem perder o foco nem se deixar abalar quando os erros ocorreram. Tifanny marcou quatro pontos seguidos (três ataque e uma bola de xeque) e levou o placar a 14/15. Butler empatou (15/15) e Lorenne virou (17/16). As osasquense voltaram para o jogo, mas o equilíbrio seguiu. Luizomar gastou seu segundo pedido de tempo no 21/22. E novamente Tifanny foi decisiva. A ponteira marcou no 23/22, 24/24 e 25/24. A vitória por 26/24 veio após um erro de ataque do Pinheiros.

Com moral após superar dificuldades na parcial anterior, Osasco controlou o terceiro set. Mesmo quando o Pinheiros encostou e chegou ao empate (11/11, 13/13 e 15/15), a equipe de Luziomar não permitiu a virada e retomou uma vantagem média entre dois a três pontos. Lorenne fez a diferença na reta final. Atacou no 16/15, 17/15 e fechou em 25/21.

Jogaram e marcaram para Osasco São Cristóvão Saúde: Giovana (2), Lorenne (17), Maira (4), Tifanny (12), Callie (9), Butler (9) e a líbero Camila Brait. Técnico: Luizomar de Moura. Entraram: Amanda, Kenya, Silvana, Duda.

Jogaram e marcaram para o Pinheiros: Amanda (3), Bruna Moraes (7), Lays (7), Mara (5), Valdez (15), Karen (11) e a líbero Kika. Técnico: Duda Nunes. Entraram: Carol Grossi (1), Sonaly, Thaina, Yael.

Fonte: ZDL - Foto: @tkssport / @carol__fotografia