sexta-feira, 22 de março de 2024

Sesc RJ Flamengo supera o Brasília no último compromisso na fase classificatória da Superliga 2023/24

 Sesc RJ Flamengo supera o Brasília no último compromisso na fase classificatória da Superliga 2023/24

O Sesc RJ Flamengo fechou a fase classificatória da Superliga Feminina com a sensação de dever cumprido. Nesta sexta-feira (22.03), em Taguatinga (DF), o time do técnico Bernardinho venceu o Brasília por 3 sets a 1: 25-12, 25-13, 21-25 e 25-21.

Com o resultado, o time rubro-negro encerrou a primeira parte do campeonato isolado na liderança, com 61 pontos, sem nenhuma derrota fora de casa, e agora segue focado nos playoffs. O desafio nas quartas de final será contra o Barueri, oitavo colocado, com primeiro jogo marcado para fora de casa, dia 27, às 18h30. O segundo, no Rio, será dia 30, no mesmo horário, e um terceiro, também no Rio, se necessário, dia 3 de abril.

Bernardinho aproveitou mais uma vez para rodar o elenco e preparar todo o grupo para os desafios que virão pela frente. E a noite foi especial para a levantadora Rose. A jovem de 23 anos ganhou a chance como titular, no lugar da canadense Brie, poupada, e fez bonito.

"Sou muito grata a todo o time por tudo o que aconteceu nesta noite. Foi um jogo muito especial, porque eu não estava entrando tanto em quadra. Ganhar esse troféu é especial. Somos uma unidade, torcemos umas pelas outras, então fico muito feliz por tudo o que estou vivendo. Acredito que tudo é um processo. Estou em um time muito bom, com atletas fortes e o melhor treinador. O dia a dia não é fácil, mas sei que estou evoluindo a cada dia e estamos firmes para os playoffs da Superliga", disse Rose.

Além disso, a força coletiva, marca registrada do Sesc RJ Flamengo, foi novamente o diferencial. A ponteira Helena, que saiu do banco, foi a maior pontuadora da partida, com 17 pontos. A oposta Kimberlly veio logo em seguida, com 15.

O Sesc RJ Flamengo deu uma verdadeira aula de voleibol nos dois primeiros sets, com agressividade no saque e no bloqueio, e neutralizou as ações do Brasília. A equipe carioca teve uma queda de concentração na terceira parcial e, apesar de ter buscado a reação, não conseguiu evitar a derrota. Mas voltou com tudo para o quarto set e garantiu o resultado positivo.

Foto: Vitória Antunes