segunda-feira, 8 de abril de 2024

No tie-break, Dentil Praia Clube derrota Sesc-Flamengo e fica a uma vitória da final da Superliga 2023/24

No tie-break, Dentil Praia Clube derrota Sesc-Flamengo e fica a uma vitória da final da Superliga 2023/24

O Praia Clube saiu na frente na semifinal da Superliga Feminina. Com o apoio da torcida em Uberlândia, as atuais campeãs da competição saíram atrás no placar contra o Sesc-Flamengo, mas cresceram no jogo, conseguiram a virada e venceram por 3 sets a 2 (parciais de 19/25, 25/20, 25/19, 22/25 e 15/9).

Com o resultado, a equipe mineira está a uma vitória da sexta final consecutiva de Superliga. Já o time carioca precisa vencer na sexta-feira, no Rio de Janeiro, para seguir vivo na série melhor de três.

Líder da fase classificatória, o Sesc-Flamengo não pôde contar com a levantadora Brie King, que está em recuperação de um quadro de dengue. Com Rose na vaga da canadense e Roni em noite inspirada, a equipe do técnico Bernardinho começou o jogo melhor e ganhou o primeiro set com autoridade.

Mas o Praia Clube mostrou poder de reação, e comandado por Claudinha, cresceu na partida e virou para 2 sets a 1. No quarto set, foi a vez do Sesc-Flamengo se recuperar e levar o jogo ao tie-break. Mas no set desempate, as donas da casa se impuseram no ataque e no volume de jogo e fecharam a partida.

Com defesas importantes e bom desempenho na recepção, a líbero Natinha comandou o fundo de quadra do Praia Clube e foi escolhida a melhor jogadora da partida. Do lado do Sesc-Flamengo, a ponteira Roni liderou as estatísticas e foi a maior pontuadora da equipe.

Fonte: Ge - Foto: Eliezer Esportes/Praia Clube