expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass' ondragstart='return false'>

terça-feira, 21 de maio de 2024

McLaren vai usar um carro verde e amarelo em homenagem a Senna na corrida de Mônaco, da Fórmula 1

McLaren vai usar um carro verde e amarelo em homenagem a Senna na corrida de Mônaco, da Fórmula 1

Nos 30 anos da morte de Ayrton Senna, a McLaren terá uma grande homenagem ao ídolo brasileiro. A equipe inglesa deixará o laranja do carro de lado para receber as cores da bandeira do Brasil no Grande Prêmio de Mônaco, no próximo domingo. Na corrida da Fórmula 1, o time de Lando Norris e Oscar Piastri terá o verde e amarelo no MCL38.

Ayrton Senna chegou na McLaren em 1988, quando foi campeão da Fórmula 1 pela primeira vez. No ano seguinte, ele perdeu o campeonato para o companheiro de equipe e rival, o francês Alain Prost. O título voltou para as mãos do ídolo brasileiro em 1990 e 1991, ainda pela equipe inglesa.

O carro da McLaren terá a pintura predominantemente amarela, com detalhes verdes e azuis, assim como o tradicional capacete de Ayrton Senna. Na Fórmula 1, o piloto conquistou 41 vitórias, sendo seis delas em Monte Carlo. Até hoje, ele é quem tem mais vitórias no local, e é conhecido com "Rei de Mônaco".

Nas últimas semanas, a McLaren publicou uma série de homenagens ao piloto, que completou 30 anos de morto no dia 1º de maio. O CEO da McLaren, Zak Brown, comentou sobre a homenagem.

- A equipe tem orgulho de reconhecer e celebrar a vida extraordinária e o legado automobilístico de Ayrton Senna através desta pintura da McLaren. Senna continua reverenciado e respeitado como o maior ícone da Fórmula 1 e o piloto mais condecorado da McLaren. É uma honra correr com ele em seu circuito de maior sucesso nas cores verde, amarelo e azul.

Fonte: GE - Foto: McLaren