domingo, 14 de maio de 2023

No tie-break, Praia Clube vence Gerdau Minas e conquista Sul-Americano feminino de clubes 2023

No tie-break, Praia Clube vence Gerdau Minas e conquista Sul-Americano feminino de clubes 2023

Uma semana depois da final da Superliga feminina, Praia Clube e Minas voltaram a ficar frente a frente para decidir uma competição, desta vez, o Sul-Americano de vôlei e na Arena Praia. Competições diferentes, ginásio diferente, mas o mesmo campeão. Em um confronto marcado pelo equilíbrio das equipes que têm sido soberanas no vôlei feminino nacional, o Praia Clube voltou a superar o rival no "clássico pão de queijo" e conquistou o bicampeonato do Sul-Americano.

O time de Uberlândia venceu o Minas por 3 sets a 2, parciais de 25/16, 17/25, 27/25, 12/25 e 15/11. A levantadora Claudinha foi eleita a melhor do jogo. O Praia Clube diminuiu a vantagem do Minas em títulos Sul-Americanos: são três para o time da capital (2019, 2020 e 2022) e dois para o time de Uberlândia (2021 e 2023). As duas equipes estão garantidas no Mundial de Clubes, no fim deste ano, na China.

Sesi Vôlei Bauru fica com bronze
O Sesi-Bauru fechou o pódio brasileiro na competição. O time paulista venceu o Regatas Limas-PER por 3 sets a 0 e ficou com o terceiro lugar no Sul-Americano. As parciais foram 25/20, 25/15 e 25/22. O Sesi-Bauru garantiu pela segunda vez consecutiva o terceiro lugar no Campeonato Sul-Americano.

Fotos: Eliezer de Castro