segunda-feira, 10 de julho de 2023

Mônica aposta na experiência na disputa da sua terceira Copa do Mundo

Mônica aposta na experiência na disputa da sua terceira Copa do Mundo

A zagueira Mônica é uma das mais experientes da Seleção Brasileira. Com duas Copas do Mundo no currículo, a gaúcha de 36 anos se prepara para o seu terceiro Mundial. Entre as surpresas da lista de Pia Sundhage, ela é uma delas. Felicidade e gratidão são os sentimentos que descrevem mais uma participação no Mundial.

"Essa convocação representa pra mim, muito gratidão. É uma oportunidade, representa pra mim uma chance, um recomeço de estar vivendo esse momento lindo com o futebol feminino, crescendo a cada dia. Poder estar vivendo isso com elas é muito gratificante pra mim", conta Mônica.

Entre o grupo que disputará a Copa do Mundo, a lista conta com onze estreantes no Mundial. Para Mônica, esta mescla entre experientes e a nova geração é o que torna esse elenco tão único e especial.

"A harmonia que a gente tem entre nós, com a ideia de ter as mais velhas e as mais novas, está realmente encaixando e funcionando. Temos um ambiente super tranquilo onde nos sentimos em casa e a vontade, tanto com a comissão técnica quanto com as atletas. Então, estou muito feliz de estar realmente vivendo esse momento aqui", destaca.

No ciclo, a defensora participou de três convocações, mas sua experiência e liderança falaram mais alto na definição das 23 atletas que representariam o Brasil na competição.

"Acredito que depois de ter vivido em tantos lugares diferentes, acho que consigo trazer para as atletas essa maturidade, que a cada situação que pode aparecer pra gente, nós vamos encontrar uma saída. Precisamos ter tranquilidade e respirar em momentos do jogo, as vezes, vamos ter o controle da bola, em outros momentos, não vamos ter. Então, acho que a experiência que posso trazer para o grupo é que as coisas irão acontecer, mas não no nosso momento, mas quando estivermos preparadas", finaliza.

Foto: Thais Magalhães/CBF