quarta-feira, 30 de agosto de 2023

Brasil é superado pela Argentina e fica com a prata no Sul-Americano masculino

Brasil é superado pela Argentina e fica com a prata no Sul-Americano masculino

A seleção masculina foi superada pela Argentina por 3 sets a 0 (25/19, 29/27 e 25/22) na noite desta quarta-feira (30/8). no ginásio Geraldão, em Recife (PE), e ficou com a medalha de prata do Campeonato Sul-Americano masculino.

O maior pontuador da partida foi Alan, com 19 pontos. O oposto entrou na seleção do campeonato, assim como outros dois brasileiros, o ponteiro Lucarelli e o líbero Thales. O levantador De Cecco (Argentina), o ponteiro Parraguirre (Chile) e os centrais Zerba (Argentina) e Carabali (Colômbia) completaram o time de destaques. Vincentin, da Argentina, foi eleito o MVP da competição.

O próximo desafio do Brasil é o Pré-Olímpico, entre os dias 30 de setembro e 8 de outubro, no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro.

Renan Dal Zotto, técnico da seleção masculina – “Não foi o resultado que a gente esperava, apesar de sabermos que seria um jogo extremamente difícil. A seleção da Argentina fez um grande jogo e hoje nós ficamos aquém. Temos que manter o foco para o Pré-Olímpico, que é o nosso maior objetivo do ano”.

Bruninho, levantador e capitão da equipe – “Fica aquele sentimento de tristeza, mas não temos muito tempo para lamentar. Temos que juntar os cacos agora. A gente não conseguiu reproduzir o que treinou. Eles jogaram mais soltos que a gente, e isso atrapalhou. Agora temos o Pré-Olímpico, que vai ser muito duro, e precisamos retomar nossa confiança”.

Lucarelli, ponteiro – “Primeiro temos que ter a humildade de entender e aceitar essa derrota, saber que eles hoje foram superiores. Tivemos nossas chances e acabamos não aproveitando. Eles foram mais eficazes nisso. Temos que botar os pés no chão, voltar para os treinamentos, porque nosso foco principal é a classificatória olímpica. Óbvio que a gente não queria perder, vamos sofrer esses próximos dias, mas temos que seguir em frente”.

Judson, central – “Vai doer ainda, mas agora a gente tem pela frente o Pré-Olímpico, que é o mais importante deste ano. A gente queria sair daqui campeão, mas não nos encontramos em quadra, e do outro lado tinha uma equipe qualificada. Precisamos aprender com o que aconteceu hoje, porque nosso foco maior é a classificação para os Jogos Olímpicos e temos muito trabalho pela frente”.

Campeonato Sul-Americano

26.08 – Brasil 3 x 0 Peru (25/18, 25/18 e 25/11)
27.08 – Brasil 3 x 0 Chile (25/17, 25/18 e 25/19)
28.08 – Brasil 3 x 0 Colômbia, (25/15, 26/24 e 25/13)
30.08 – Brasil 0 x 3 Argentina (19/25, 27/29 e 22/25)

Foto: Mauricio Val/FVImagem/CBV