quarta-feira, 13 de setembro de 2023

Catedral de São Carlos receberá relíquias da Santa Cruz

Catedral de São Carlos receberá relíquias da Santa Cruz

No dia 17 de setembro próximo, às 17h, serão entronizadas as relíquias da Santa Cruz na Catedral de São Carlos. As Sagradas Relíquias são compostas de um pedaço do madeiro na qual Cristo foi crucificado e de fragmentos da Coroa de Espinhos e da Sagrada Esponja.

Embora a Catedral já tivesse conhecimento da oferta das relíquias, foi marcada essa data por ser próxima da Festa da Exaltação da Santa Cruz, que transcorre aos 14 de setembro.

As Sagradas Relíquias foram doadas pelo Sr. Fábio Tucci Farah, perito em relíquias da Arquidiocese de São Paulo e delegado brasileiro da “International Crusade for Holy Relics” (ICHR), organização sediada em Fátima, Portugal.

No ato da entrega, no início da Santa Missa, será apresentado o documento (Autentica) que dá autenticidade às Sagradas Relíquias expedido em 23 de junho de 1860, em Roma, por Dom Francesco Marinelli, sacristão do Papa Beato Pio IX. Além desse documento histórico, em Latim, será entregue à Catedral, o ato de doação em caráter perpétuo.

As Sagradas Relíquias serão, então, entronizadas na Igreja em Solene Procissão, recordando a devolução da Cruz a Jerusalém pelo imperador Heráclio, em 628, após recuperar a Santa Cruz que fora, alguns anos antes, roubada pelos persas, quando estes invadiram a Cidade Santa. Elas serão depositadas sobre o altar para a Celebração da Santa Missa, que será presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Luiz Carlos Dias, e concelebrada pelo Pároco da Catedral, Padre Sandro de Souza Portela, e, ao final, serão transladadas para um local que foi preparado para a veneração perpétua dos fiéis, na entrada da Capela do Santíssimo da Catedral, abaixo do quadro da 13ª estação da Via-Sacra, na qual Jesus é deposto da Santa Cruz.

A Catedral de São Carlos e Dom Luiz Carlos, bem como toda Diocese de São Carlos, se sentem honrados e muito agraciados com esse presente à Igreja-Mãe da Diocese e a todo povo de Deus dessa Igreja Particular, que terá a oportunidade de tocar e venerar o Sagrado Lenho da qual nos veio a salvação. E aproveitam, ainda, para agradecer ao Sr. Farah pela predileção à Catedral de São Carlos e por efetuar essa magnânima e sublime oferta, que entrará para os anais da Catedral de forma sempiterna.

Padre Sandro de Souza Portela

Pároco da Catedral de São Carlos Borromeu

Fonte: Diocese de São Carlos - Foto: Divulgação