sexta-feira, 6 de outubro de 2023

Brasil levanta a torcida no Maracanãzinho com vitória sobre Cuba, a quarta no Pré-Olímpico

 Brasil levanta a torcida no Maracanãzinho com vitória sobre Cuba, a quarta no Pré-Olímpico

A seleção masculina deu mais um passo na caminhada por uma vaga para os Jogos de Paris 2024. Na manhã desta sexta-feira (06.10), o time comandado por Renan Dal Zotto levantou a torcida no Maracanãzinho derrotando Cuba por 3 sets a 1 (23/25, 25/18, 25/20 e 25/20) e chegando à quarta vitória no Pré-Olímpico no Rio de Janeiro. O oposto Darlan foi o maior pontuador da partida, com 20 pontos.

A duas rodadas do fim do Pré-Olímpico, o Brasil tem quatro vitórias e ocupa o segundo lugar do Grupo A, atrás da Alemanha, que ainda enfrenta a República Tcheca nesta sexta. Itália, que também ainda joga nesta rodada, e Cuba aparecem na sequência, com três triunfos cada. A seleção brasileira volta a jogar neste sábado (7/10), novamente às 10h, contra o Irã, com transmissão do sportv 2.

O time de Renan Dal Zotto começou o jogo com Bruninho, Darlan, Lucarelli, Honorato, Flavio, Lucão e o líbero Thales. Entraram Alan, Otávio, Adriano e Fernando Cachopa.

Renan Dal Zotto, técnico da seleção masculina: “Saímos satisfeitos. Pela vitória, pelos três pontos e pela forma como o time jogou do início ao fim. O tempo todo sabíamos exatamente o que estávamos fazendo. No primeiro set, Cuba pressionou bastante no saque, mas o time teve paciência, diminuiu o número de erros, o bloqueio e a defesa funcionaram e nosso contra-ataque melhorou. Jogamos taticamente muito bem, sacando nos jogadores certos e da forma correta. Estão todos de parabéns. Vamos encarar esse jogo contra o Irã como uma semifinal. Vamos estudar muito esse adversário. É um jogo decisivo”.

Bruninho, levantador e capitão da seleção brasileira: “Foi um bom jogo. Fomos mais constantes e mantivemos um nível de jogo alto o tempo inteiro, sem alternâncias. Isso foi fundamental para conseguir essa vitória. A gente sabe que ainda pode melhorar, que tem pontos nos quais podemos crescer, mas uma vitória como essa dá moral, dá confiança. Sabemos que temos mais duas finais pela frente e vamos pensar no Irã agora”.

Lucarelli, ponteiro da seleção brasileira: “Foi a nossa melhor partida, a que jogamos com mais regularidade. Passe, ataque, saque, bloqueio, hoje tudo funcionou. Nas duas próximas partidas teremos que jogar nesse nível. São duas equipes que vivem momentos diferentes, mas as duas são qualificadas e serão jogos difíceis”.

Foto: Mauricio Val/FVImagem/CBV