sexta-feira, 3 de novembro de 2023

PAN SANTIAGO 2023: Martine e Kahena puxam a fila e Brasil conquista três ouros na vela

 Martine e Kahena puxam a fila e Brasil conquista três ouros na vela nos Jogos Pan-americanos Santiago 2023

A vela garantiu quatro medalhas para o Brasil nos Jogos Pan-americanos Santiago 2023. Nesta sexta-feira (3), em Algarrobo, uma das subsedes do evento, os brasileiros deram um show nas regatas decisivas, as “medals races”, e faturaram três ouros e um bronze. Martine Grael e Kahena Kunze sagraram-se bicampeãs pan-americanas na classe 49er FX. Bruno Lobo também conquistou o bi, na Fórmula Kite. O terceiro ouro brasileiro veio com Mateus Isaac na IQFoil. Para completar, Maria do Socorro Reis garantiu o bronze na Fórmula Kite feminina.

O dia começou logo com as bicampeãs olímpicas Martine e Kahena entrando em ação. Na regata da medalha da classe 49er FX, as brasileiras começaram marcando as canadenses Millen e Hove e as americanas Roble e Shea, rivais diretas na briga pelo ouro. Como as estadunidenses se atrapalharam na largada, a disputa ficou entre Brasil e Canadá e as brasileiras logo se impuseram para tomar a frente e seguir na primeira posição. Daí em diante foi controle de Martine e Kahena para cruzarem a linha de chegada em primeiro e confirmarem o bicampeonato em Jogos Pan-americanos.

“A final foi tensa, pois desde que começou a semana viemos numa disputa boa com as americanas e as canadenses. Esse campeonato foi bem legal por conta dessa disputa com as adversárias. Tivemos essa pressão, pois quem fizesse bem a última regata ia sair com o pódio. Tivemos calma e fizemos bem, estamos contentes com essa medalha”, ressaltou Martine.

“A gente veio para cá com o objetivo de conquistar a vaga olímpica, precisávamos ganhar das argentinas. Acabamos indo para a regata da medalha todo mundo meio embolado, ficou para o último dia. Velejamos super bem e estamos muito contentes em conquistar esse bicampeonato”, completou Kahena, referindo-se também à vaga conquistada para os Jogos Olímpicos Paris 2024.

Já na Fórmula Kite a conquista da medalha de ouro de Bruno Lobo foi mais tranquila. Ele vinha dominando as regatas durante a semana e na final venceu mais uma vez para confirmar o bicampeonato pan-americano. No feminino, Maria do Socorro Reis lutou muito e conseguiu conquistar o bronze na decisão.

“Estou muito feliz de ter defendido meu título. Consegui dominar todo o campeonato, mas não foi fácil. É fruto de muita dedicação e trabalho. Vim muito preparado para cá e colocar a bandeira do Brasil no alto do pódio. Agora é comemorar e me preparar para ir em busca da vaga em Paris 2024”, comentou Bruno.

“Comecei o campeonato com algumas dificuldades, mas consegui me classificar para as finais. Fui confiante, tranquila e deu certo. Estou bem feliz com essa medalha de bronze”, celebrou Maria do Socorro.

O terceiro ouro brasileiro do dia veio com Mateus Isaac na classe do windsurf IQFoil. Depois de ter vencido o mata-mata da semifinal, Isaac foi para a disputa do ouro contra o atleta de Aruba Ethan Westera, que havia liderado toda a competição. Mas, na decisão, após um embate intenso, o brasileiro conseguiu cruzar a linha de chegada em primeiro lugar para garantir a medalha de ouro.


“Foi uma regata muito dura, difícil e bem emocionante do começo ao fim, mas estou muito feliz em ter conseguido ganhar. Mostrei que todo o trabalho feito foi recompensado e vamos para as próximas”, finalizou Isaac.

Outros resultados

Nas outras disputas finais do dia, o Brasil ficou perto do pódio. Na classe 49er, Marco Grael e Gabriel Simões terminaram na quinta colocação, enquanto na classe IQFoil feminina, Bruna Martinelli ficou em quarto lugar.

Fotos: Miriam Jeske/COB