domingo, 5 de novembro de 2023

PAN SANTIAGO 2023: Tiro com arco fecha Santiago 2023 com mais duas medalhas

 Tiro com arco fecha Santiago 2023 com mais duas medalhas

O Brasil fechou a participação do tiro com arco em Santiago 2023 com mais duas medalhas neste domingo (05), no Parque Peñalolen, na capital chilena. Com prata na equipe mista e também no arco recurvo feminino, além do bronze conquistado no sábado (04), o Brasil somou o maior número de medalhas da modalidade em Jogos Pan-americanos.

Ana Machado garantiu vaga na final após eliminar a americana Casey Kaufhold, número dois do mundo, por 6 a 4. Na final, ela acabou derrotada para a mexicana Alejandra Valencia por 7 a 1, e ficou com a medalha de prata, a primeira no feminino em jogos pan-americanos. “Meu primeiro Pan e foi muito incrível. Foi uma semana incrível e consegui fazer tudo o que me propus. Conseguimos a vaga para Paris, que era nosso principal objetivo, e ainda mais duas medalhas.”

Marcus D’Almeida também deixou Santiago com duas medalhas numa mesma edição, a primeira vez que ele consegue o feito. “Foi duro. Todo mundo veio com o time A para o campeonato de tiro com arco daqui porque vale vaga olímpica, é um campeonato muito importante. Todo mundo que não tinha vaga olímpica priorizou isso no calendário, o que não era o meu caso. Então, eu sabia que poderia acontecer algumas coisas e não sair daqui com o ouro, mas fico feliz em sair com duas medalhas. Todo o Pan eu saio com uma medalha, hoje estou saindo com duas.”

Além de bater o recorde de medalhas em uma edição do Pan, o Brasil garantiu ainda a vaga olímpica para o feminino (o masculino já estava classificado), assegurando assim presença nas provas individuais e mistas de Paris 2024. Vale ressaltar que as vagas no tiro com arco não são nominais e os representantes ainda serão definidos pelos critérios estabelecidos pela Confederação.

Foto: Alexandre Loureiro/COB