sábado, 30 de março de 2024

Sesc RJ Flamengo vence o Barueri e avança às semifinais da Superliga

Sesc RJ Flamengo vence o Barueri e avança às semifinais da Superliga

O Sesc RJ Flamengo está nas semifinais da Superliga Feminina. Com uma atuação segura diante da torcida no Tijuca Tênis Clube, a equipe do técnico Bernardinho venceu o Barueri por 3 sets a 0, parciais de 25-16, 25-19 e 25-14, neste sábado (30.03), e fechou a série melhor de três das quartas de final em 2 a 0 - já havia triunfado por 3 a 1, fora de casa. O adversário do Rubro-Negro na próxima fase sairá do confronto entre Praia Clube e Sesi Bauru.

Em uma noite de muito apoio da torcida nas arquibancadas, a ponteira americana Roni fez uma apresentação de alto nível, foi a maior pontuadora da partida, com 14 acertos, e ainda levou para casa o Troféu VivaVôlei de melhor em quadra. Destaque também para a boa distribuição da levantadora Brie. A oposta Sabrina marcou 13 pontos, a central Juciely fez 12 e a ponteira Michelle anotou 10.


"Nossa torcida é incrível. Somos muito gratas pelo apoio que ela tem nos dado a cada jogo e não foi diferente nesta noite. Tivemos paciência e trabalhamos muito bem a nossa comunicação em quadra para solucionar coletivamente qualquer situação que surgisse. Conversamos muito sobre a importância de minimizar os nossos erros e fizemos um grande trabalho, com um saque consistente, que colocou bastante pressão do outro lado. É assim que queremos chegar às semifinais", analisou Roni.

O Sesc RJ Flamengo logo impôs seu ritmo e abriu 6-2, com um ace de Brie. O saque, aliás, foi uma arma importante para impedir as jogadas rápidas do Barueri e proporcionar contra-ataques. Com uma largadinha de Juciely, as donas da casa levaram a diferença para 15-8. Roni atacou bem para fazer 19-9. A vitória tranquila no primeiro set, por 25-16, veio com uma invasão por cima do adversário.

O Rubro-Negro manteve a pressão sobre o adversário na segunda parcial, graças ao saque, e abriu 9-3, após dois contra-ataques bem concluídos por Sabrina. A recepção carioca, por sua vez, trabalhou de forma eficiente e permitiu que Brie fizesse uma distribuição variada. O time de Bernardinho também mostrou que o paredão estava afinado: Juciely fechou a porta para o ataque paulista e fez 20-15. Um erro do adversário deu números finais ao set: 25-19.

Empurrado pela torcida, o Sesc RJ Flamengo começou o terceiro set em ritmo intenso e abriu 7-3, após um ataque de Michelle. A equipe rubro-negra precisou ter paciência, uma vez que o adversário melhorou na defesa. Mas Juciely comandou as ações na rede e marcou 16-11 e 18-13, com ótimos bloqueios. As donas da casa cresceram junto com o público nas arquibancadas e fecharam a conta por 25-14, após mais um bloqueio, desta vez de Roni.

Fotos: Adriano Fontes/CRF